Arquivo do blog

segunda-feira, 1 de junho de 2009

ÁGUAS AMARGAS, NUNCA MAIS - II Rs 2.19-22


INTRODUÇÃO
. A palavra do Senhor diz que após o arrebatamento de Elias, Eliseu assume a liderança profética naquela região, assume a liderança de escolas de profetas.
. Eliseu então resolve plantar sua base profética nas mediações de Jericó. Mas só tem um problema, as águas são más e a terra e estéril.
. Os moradores e as famílias daquele cidade estavao sendo dizimados, pois nada do que plantavam produzia, não havia alimento, e não havia também água nem mesmo para beber..
. O que Eliseu ouve é que naquele lugar so existia fontes de morte e esterilidade..
. E isto tinha levado aquele povo a uma total desmotivação. Desmobilização, desânimo, onde eles tinham perdido a esperança naquela região;
- Talvez você meu amado, esteja vivendo nesta situação, talvez você esteja como esta cidade, onde há presença das fontes de morte e esterilidade.
.Onde o desespero tem tomado conta da sua vida de forma implacável e emitente;.
Talvez assim como os habitantes daquela cidade, você já perdeu as esperanças nas mais diversas áreas da sua vida..
· Portanto texto acima citado é extremamente relevante para quem quer sarar os mananciais de sua vida, deixar de ser manancial de morte e se tornar um manancial de vida de bênçãos.
· Por detrás deste primeiro milagre do profeta Eliseu há algumas verdades espirituais que, se encarnadas, são poderosas para sarar as fontes do morte existentes em nossas vidas.

I. PRECISAMOS CRER QUE AS NOSSAS FONTES PODEM SER RESTAURADAS.

· Elizeu só curou aquelas fontes porque ele creu nisto; porque ninguém cura o que acredita ser incurável. Ninguém tenta curar o que já acreditou ser um caso irreversível.
· E quem deseja ver o milagre da transformação de sua vida, deseja deixar de ser fonte de morte, de tragédia, de infelicidade, também tem que crer nisto: não há manancial por pior que seja, que não possa ser restaurado, curado e transformado por Deus.
· Em Deus os mananciais de morte tornam-se mananciais de vida.

II. PRECISAMOS TRATAR DA MORTE NO SEU NASCEDOURO, NA FONTE.

· Quem quer deixar de ser fonte de morte e se tornar fonte de vida tem que aprender a tratar da morte no seu nascedouro.
· Vejam onde Eliseu lançou o sal: "...então ele saiu ao manancial das águas, e deitou sal nele".
· Ele não ficou jogando sal na beira do rio, foi direto à fonte de onde jorrava as águas venenosas, o que tem o seu paralelo em nossa experiência.
· Quem quer sarar as fontes da vida tem que fazer o mesmo. Em outras palavras, tem que ir direto na "fonte" do problema, da morte, do fracasso, da desagregação familiar.
· Não basta tratar as conseqüências, é preciso curar a fonte que gera o divórcio, as intrigas, a dor, a tragédia, a infelicidade. · Qual fonte tem gerado morte em nossas vidas?
· Às vezes a fonte é uma pessoa, um vício, uma deformação de caráter, uma perversão, um trauma, um pecado escondido e agasalhado.

· ·III. AS NOSSAS AÇÕES SÓ SÃO EFICAZES QUANDO AGEM CONFORME A PALAVRA DE DEUS.

· Todo meio humano só terá sucesso se vier acompanhado pela ação da Palavra de Deus. O contra-pé desta afirmação também é verdadeiro.
· Qualquer meio humano será inócuo para transformar as nossas vidas se não vier acompanhado pela palavra de Deus.
· Eliseu joga o sal (meio humano), mas nada acontece, até que ele diz: "assim diz o Senhor: tornei saldáveis a estas águas, já não procederá daí morte nem esterilidade".
· Em outras palavras, nós podemos ter tudo - carro, dinheiro, casa -, todos os amparos que a vida pode nos proporcionar, mas isso não é suficiente para alterar os conteúdos de nossas fontes.
· Podemos ter tudo isso e continuar a gerar só morte em nossas vidas (aliás, é o que geralmente acontece). É preciso a ação da palavra de Deus.
· Só a Palavra de Deus no coração para mudar as fontes de nossa vida: "guardo no coração as tuas palavras para não pecar...".
· O que nós precisamos não é de mais "sal", o que precisamos é erguer a vida sobre a Palavra de Deus.

CONCLUSÃO:
· Não importa o conteúdo que emana de nós, somos fontes mananciais a jorrar realidades de vida ou de morte.
· hoje a oportunidade de sermos sarados pela Palavra desse Deus maravilhoso, que é capaz de transformar as fontes tépidas e rotas de nossas vidas num manancial de bênçãos

Um comentário:

  1. muito boa esta meditação; que Deus continue te inspirando para nos abençoar com palavras tão sábias.

    ResponderExcluir